Ao ingressar para os programas de afiliados, muitos empreendedores possuem dificuldade na hora de escolher uma ideia. Eles sentem-se inseguros porque sabem da importância da correta definição do conceito do negócio e não querem correr o risco de errar. Se esse é o seu caso, saiba que não há motivo para preocupação! Encontrar uma boa ideia é mais fácil do que você imagina! Seguindo algumas dicas simples você conseguirá se livrar desse impasse rapidamente!

Para definir o conceito do negócio, é necessário ter atenção a sete pontos fundamentais: (1) conhecimento; (2) segmentação; (3) relevância; (4) potencial de promoção; (5) qualidade e preço; (6) fácil administração e (7) viabilidade financeira. Você vai conhecer cada um deles, detalhadamente, abaixo. Se, ao final, perceber que o negócio reunirá todos esses pontos, então você descobriu a ideia certa para trabalhar e ganhar dinheiro pela internet!

Cheque os 7 pontos abaixo e descubra quais são as características de um bom negócio!

Ideias para Ganhar Dinheiro

O negócio certo é: Aquele Que Você Conhece Bem

Ao abrir um negócio de promoção de produtos digitais você deverá, antes de tudo, escolher um tema para trabalhar. É importante fazer uma pesquisa ampla antes de fazer a definição final. Mas também deve-se ter em mente que as melhores ideias são aquelas que envolvem assuntos que você domina. Afinal de contas, quanto mais conhecimento você tiver na área, mais fácil será para atender o perfil do público e suas necessidades.

Então o segredo é procurar temas que realmente estejam dentro das suas listas de preferências pessoais. Você é engenheiro civil, pratica esportes radicais, sabe tocar violão, gosta de moda ou estuda para concursos públicos? Ótimo! Todo esse tipo de conhecimento pode ser usado a seu favor para promover links e ganhar dinheiro na internet!

O negócio certo é: Aquele Que Está Bem Segmentado

Acima você percebeu a importância de escolher um tema conhecido para começar a promover produtos digitais na internet. Mas não é só isso: ainda será preciso afunilar mais o conceito de negócio, por meio da escolha de um nicho bem específico de mercado. Essa segmentação lhe dará condições de direcionar suas ações de marketing de forma eficiente no futuro!

Mas, afinal, como segmentar ainda mais o tema já escolhido? Vamos supor que você seja um músico e que decidiu trabalhar com produtos digitais voltados para essa área. Terá de definir exatamente com qual segmento pretende lidar. Por exemplo: vai divulgar produtos para fãs de música erudita, de sertanejo ou de rock? Optou pelo último estilo? Então escolha ainda entre o rock clássico, o metal ou pop! Lembre-se: quanto mais segmentado, maiores são suas chances de atrair público de qualidade!

O negócio certo é: Aquele Que Tem Relevância Para o Público

Uma boa ideia precisa, necessariamente, ter relevância. O que isso significa na prática? Quer dizer que o material divulgado deve ter utilidade para os consumidores, ou seja, ele deve oferecer aos internautas uma solução para seus problemas. O raciocínio é simples: se o empreendedor conseguir oferecer produtos relevantes para os clientes, as chances de vendas aumentam muito e ele terá também bons resultados em lucros ao final de cada mês.

Vamos exemplificar! Considere a hipótese de que você vai trabalhar com o segmento de moda. Seus clientes vão achar bem bacana um e-book sobre a história da moda, mas será que o comprariam? Certamente eles vão dar preferência a guias e tutoriais, que contenham dicas práticas de moda e estilo. Ou seja, o consumidor vai preferir comprar algo efetivamente útil para seu dia a dia! Então tenha certeza de que o negócio vai oferecer aquilo que sua audiência procura!

O negócio certo é: Aquele Que Tem Potencial de Promoção

Vamos imaginar que você teve uma boa ideia, que atende aos conceitos citados acima: domínio do tema, segmentação de público e relevância. Porém, ao ingressar na plataforma, você percebe que essa não é uma área rica em material de divulgação. Suas opções de promoção serão poucas – o que fará, inclusive, que concorra muito diretamente com outros afiliados mais experientes.

Nesse caso, o ideal é escolher outra área, que lhe ofereça maior potencial de promoção! Há dezenas de segmentos disponíveis na plataforma e não será difícil encontrar uma área com a qual você se identifique. Pode ser música, cultura, viagens ou empreendedorismo, entre inúmeras outras opções. O importante é trabalhar com um tema que não represente limitações para o seu trabalho!

O negócio certo é: Aquele Que Tem Qualidade e Preço Justo

Para que o negócio dê certo também é preciso muita atenção à escolha dos produtos a serem divulgados. O consumidor que procura os itens digitais tem duas características muito bem definidas. A primeira delas é a exigência de qualidade. A segunda é a busca por um preço justo (o valor tem que ser compensador, estando bem abaixo do cobrado por um item físico de conteúdo semelhante).

Por isso, na hora de escolher os produtos para divulgar, o afiliado deve optar por aqueles itens que oferecem ambas as vantagens aos clientes. É importante avaliar o material com cuidado para verificar se funciona perfeitamente e se não contém erros de informação. Essa análise, inclusive, vai ajudá-lo a determinar se o preço cobrado pelo produtor está, ou não, adequado.

O negócio certo é: Aquele Que Você Consegue Administrar Bem

O negócio certo é aquele você consegue tocar com tranquilidade. Essa é, aliás, uma das grandes vantagens do Marketing de Afiliados. Com um pouco de disciplina e organização, o empreendedor pode administrar bem a promoção dos links e conseguir resultados positivos de vendas ao final de cada mês. Muitos conseguem conciliar empregos fixos e compromissos familiares com a atividade, para garantir uma renda extra.

Apenas é preciso tomar cuidado para não se propor a fazer coisas além da sua disponibilidade! Sites, blogs e redes sociais devem ser atualizados constantemente para que realmente consigam atrair a atenção dos consumidores. Então não adianta abrir inúmeras páginas se você simplesmente não for conseguir mantê-las adequadamente. Trace um cronograma de trabalho que condiz com a realidade do seu cotidiano!

O negócio certo é: Aquele Que Tem Viabilidade Financeira

Uma ideia só deve ser levada adiante se tiver viabilidade financeira. O afiliado deve utilizar duas estratégias básicas para garantir a lucratividade do negócio. A primeira delas é a escolha da comissão. Nesse caso, nem sempre o produto com maior margem de lucro é o ideal. Muitas vezes, um item com baixa comissão e altas estatísticas de vendas pode significar melhores resultados financeiros.

A segunda estratégia essencial para garantir a viabilidade financeira do negócio é o uso de técnicas de Marketing Digital para atrair mais clientes e aumentar as vendas. O afiliado deve, por exemplo, construir anúncios de qualidade, gerar conteúdo próprio, lançar campanhas de e-mail marketing e trabalhar com links patrocinados. Dessa forma você garante melhores resultados em vendas e lucros!

Agora entenda: Ideias Precisam Ser Concretizadas!

Para terminar, não se esqueça de que um negócio só dá certo se você se esforçar para tirá-lo do plano das ideias. O melhor plano do mundo só será bem-sucedido se for tirado do papel e concretizado! Então, depois que encontrar o conceito ideal, arregace as mangas e comece a trabalhar.

Gostou das dicas? Deixe aqui suas impressões! Queremos saber sua opinião!