O que é taxa de rejeição e os fatores que impactam essa métrica

taxa de rejeição

Nunca antes uma métrica de Google Analytics conseguiu gerar tantas perguntas como a taxa de rejeição e vou tentar explicar nesse post, os diferentes parâmetros que impactam essa taxa de rejeição.

O que é a taxa de rejeição?

Segundo Google, é o percentual de sessões de uma única página.

Não é uma questão de tempo de navegação.

Se um usuário encontra seu blog no Google através de um artigo bem posicionado e deixa a tela aberta por 45 minutos e logo depois de ler o artigo vai embora sem fazer clique em nenhum lugar, aquela visita fará parte da taxa de rejeição.

Nesse caso, essa visita cumpriu com as expectativas, que foi que leia o artigo, ou seja, a taxa de rejeição não seria um problema.

O problema está quando alguém chega ao site, olha uma pagina só e além disso, vai embora rapidamente.

Mesmo assim, a taxa de rejeição é um indicador relevante para medir a qualidade dos conteúdos de seu site.

Fatores que impactam a taxa de rejeição

Os seguintes fatores podem influenciar na taxa de rejeição:

Mal posicionamento em Google

Otimizar, sem perceber, suas palavras chave que não estão relacionadas com o próprio conteúdo que está na página é um fator que impacta na taxa de rejeição.

Imagine o caso de um titulo curto que utilize uma palavra curta como “Síndrome de Diógenes”. Mas, esse blog não é um blog sobre psicologia e sim um blog de organização empresarial onde o autor utilizou essa palavra para explicar que é bom que os empregados tenham uma mesa limpa e sem acúmulo de varias coisas nela.

Essa é uma técnica editorial muito utilizada, mas, se não otimiza corretamente seu blog, Google vai entender que tenta se posicionar para essa palavra chave (“Síndrome de Diógenes”), pode posicionar seu artigo para essa palavra e as visitas que cheguem a ele sairão rapidamente porque não é o que estão buscando.

Existe um problema de sintonia entre a palavra chave e o conteúdo do artigo.

Esse tipo de problemas é muito comum. Uma coisa é o título de seu artigo para o leitor e outra para Google.

Um rendimento insuficiente em sua hospedagem

Esse é outro fator que influencia na taxa de rejeição.

Pense em sua própria forma de navegar na internet. A verdade é que todos somos muito impacientes. Ninguém espera mais de 5 segundos ou no máximo 10 para que uma página carregue.

Então, se está utilizando um serviço de hospedagem ruim ou tem um servidor compartilhado com vários sites, é provável que isso influencie na capacidade de carregamento de suas página, com isso, sua taxa de rejeição aumentará.

A solução passa por mudar de hospedagem para algum que atenda o nível de tráfego de seu site.

Mal Desenho

O desenho de seu site tem que ser de qualidade, limpo, intuitivo, seus artigos tem que ser fáceis de ler.

Tudo isso, de alguma forma, impacta na taxa de rejeição de seu site.

O que você faz quando chega a um site mal arrumado ou cheio de banners onde é difícil achar o conteúdo?

Isso! Rejeita!

Péssima Usabilidade

Por um lado, falamos da navegação principal que permita aos usuários ( que chegaram a uma página onde não encontraram o que buscavam) a opção de clicar em outra área que os leve a uma temática que esteja relacionada a pesquisa que eles fizeram em Google.

Falamos também de oferecer artigos relacionados no final dos posts, porque, se um leitor fica contente no final da leitura e você apresenta conteúdos relacionados, as chances de ficar em seu site são altas.

Da mesma forma, se tem um widget com os artigos mais populares ou mais comentados estará apoiando a usabilidade de seu blog.

Se seu blog, oferece muito conteúdo (mais de 80 ou 100 artigos) é fundamental que tenha uma caixa de pesquisa.

Uma gestão errada dos pontos de saída de seu site

A nível de desenho, deve saber que se tem muitos banners ou publicidade que apontam para sites externos, seu leitor tem altas probabilidades de deixar seu site.

Todos os blogs que estão monetizados com publicidade tem que ter a publicidade muito visível, com isso a taxa de rejeição também aumenta.

Então, se seu site aposta pela qualidade, deve ter claro que quanto menos pontos de saída ofereça ao leitor, melhor.

Se tem que linkar para um site externo que seja abrindo uma nova aba, assim o leitor não vai sair de seu site.

Todos esses parâmetros vão afetar diretamente em sua taxa de rejeição ou bounce rate.

E você conhece alguns outros fatores para compartilhar nos comentários?

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.