Reprodução Google
Reprodução Google

Há sete anos trabalho com marketing digital e sei que, no momento em que começamos a falar de dinheiro e investir em marketing digital, existem algumas regras que todo empresário ou gestor deveria saber para evitar alguns dos erros mais comuns nesta área. Afinal de contas, ninguém gosta de perder dinheiro ou de arriscar a sobrevivência do seu negócio. Já vi casos de orçamento do mês inteiro ser gasto por configurações erradas no Adwords. Mesmo que tenha uma agência cuidando disso, as dicas abaixo também se aplicam a você.

1) Começar com expectativas irrealistas

As oportunidades aparecem intermináveis quando planejamos uma campanha. Não possuir objetivos condizentes com o planejamento e não acompanhá-los e analisá-los ao longo do caminho é um “tiro no pé”.

É muito importante buscar a opinião de outros colegas e, se possível, pesquisar o histórico daquele mercado/mídia/ação que você está planejando. Isso vai ajudá-lo a entender melhor o seu baseline e, assim, consegui avaliar se seu planejamento está de acordo.

Sempre que possível, faça ajustes para aprimorar/aperfeiçoar a performance de sua campanha e não tenha medo de reavaliar e redefinir suas metas e KPIs.

Não estabelecer metas analíticas antes do começo de uma campanha também é um erro. Sem esses objetivos mensuráveis, você não vai conseguir entender seus esforços e como aperfeiçoá-los.

2) Criar confusão entre correlação e causa

Imagine a seguinte situação: você está rodando uma campanha de CPA e, do nada, suas vendas começam a subir absurdamente. Sua campanha está conseguindo uma performance dez vezes melhor do que todas as anteriores.

A primeira coisa que você vai querer saber é o porquê. Nesse momento, começamos a tentar achar respostas em todos os relatórios, dashboards e o que mais tivermos ao nosso alcance. E como já estamos inclinados a achar a resposta que estamos procurando, muitas vezes essa análise é falha.

Neste momento, temos que parar para avaliar se todos os dados foram analisados e isolados de outros fatores. Isso vai assegurar que aquele resultado pode ser replicável. Basicamente, você terá certeza de que aquilo não foi por acaso ou por força de eventos externos.

3) Ignorar o testing

Se você já está em um nível onde possui grande volume de dados, seu mantra deve ser sempre o mesmo: teste, teste e teste. Não importa o quanto você acredite saber sobre performance. Do que adianta ter uma grande quantidade de variáveis, mas não saber quais delas foram significativas de fato?

Ao realizar testes e comparações, você conseguirá:

  • Descobrir erros rapidamente e repará-los;
  • Entender quais são os melhores e mais relevantes resultados;
  • Ter um feedback real de mercado, mensurado com precisão.

4) Não ter uma boa consultoria

Consultores de marketing digital customizam serviços que atendem às necessidades do cliente. Eles têm um olho no futuro e um engajamento flexível para se adaptarem às mudanças de cada nicho e suas atuais tendências.

Apenas procurar no Google não basta. É preciso buscar por referências. Escolha profissionais que possuem experiência na prática e que vão oferecer uma série de estratégias cuidadosamente planejadas. Consultores que podem fornecer resultados claros tanto em curto como a longo prazo.

O investimento em marketing digital funciona, como qualquer outro tipo de serviço que você contrata na sua empresa, através de etapas de cotação e validação para ter certeza de que se está contratando a empresa ou pessoa certa.

5) Não diversificar sua campanha de marketing

Depender de apenas um canal de aquisição para seu negócio é muito arriscado. Muitos ainda constroem grandes negócios onde 90% do tráfego é proveniente dos buscadores. Não tem nada de errado com isso, mas o problema é que no dia que acontecer alguma coisa com aquele canal, você terá um grande problema.

Diversificar seu investimento não é difícil, só exige mais tempo no planejamento e gestão. Teste com seu time e/ou agência novos canais sempre que possível. Separe também uma verba para esses testes e mensure os resultados.

6) Desconhecer sua audiência e sua ressonância

Ao validar ideias sempre tenha em mente o seu target ou você nunca conseguirá direcionar sua marca corretamente.

Pergunte-se:

  • Que partes do funil de marketing/vendas estou mirando? Que tipo de conteúdo ou campanha irá ressoar com estes prospects?;
  • Quais tópicos são populares com a minha audiência?;
  • O que está faltando ou o que buscam?  Estamos perguntando a mesma coisa nos comentários, nos canais sociais ou no time de suporte ao usuário?

Lembre-se de observar sempre como você poderá entregar o maior valor possível a estes potenciais targets de sua campanha.

Este artigo foi originalmente publicado na Revista Digitalks na edição número 10. Yuri Moreno, diretor-executivo do Digitais do Marketing, foi convidado pelo Digitalks para participar da edição dos meses maio/junho/julho da revista. Para visualizar a edição online da revista clique aqui. 

Especialista SEO e Consultor em Marketing Digital desde os 2011. Comecei fazendo sites aos 16 anos como "o sobrinho", e ganhando meus trocados com Adsense. Depois fui co-fundador de uma agência de marketing digital e desenvolvimento e hoje atendo meus clientes e amigos com projetos que me fazem perder o sono; no bom sentido. =) Também, sou um dos responsáveis pelo Digitais do Marketing. Mais sobre mim? Veja meu site yurimoreno.com e minhas redes sociais.