Como a Internet das Coisas pode transformar o Marketing

Saiba como utilizar a internet das coisas e o marketing digital no seu negócio

Internet das Coisas

A internet das coisas (IoT) já faz parte da realidade de muita gente, mudando o nosso dia a dia. Mas você sabia que ela está transformando também o marketing digital?

Afinal, essas tecnologias permitem que os níveis de envolvimento com os consumidores sejam mais altos do que nunca, uma vez que as empresas recebem o feedback quase instantâneo e tem percepções em tempo real sobre o comportamento do cliente.

Internet das Coisas, o que é isso?

A geladeira pode fazer a lista de compras do mês para você, o relógio sabe qual horário você toma os seus remédios, o carro sabe o melhor trajeto para o seu trabalho todos os dias, o hotel que você se hospeda conhece a sua preferência por temperatura. Seja bem-vindo à internet das coisas!

Criado em 1999, o termo internet das coisas, de maneira geral, faz referência a qualquer dispositivo físico que esteja conectado à internet. Ou seja, qualquer coisa (literalmente) que se conecte a rede de internet, bluetooth, infravermelho ou rede dedicada, fazem parte desse grupo, sejam objetos, animais ou pessoas.

É importante ressaltar que, com os avanços tecnológicos, como o surgimento da inteligência artificial, a amplitude de itens que se enquadram na internet das coisas cresce exponencialmente. Alguns exemplos de dispositivos que fazem parte desse grupo são: relógios, celulares, televisores, computadores, eletrodomésticos e até mesmo fechaduras.

Internet das Coisas e Marketing Digital: uma relação em crescimento

Presente em diferentes áreas, a internet das coisas se expande em cada vez mais espaços. Atualmente pode-se encontrar esses recursos na agricultura, nos carros, nas cidades e casas inteligentes, na indústria, saúde e na educação. Além disso, uma grande área influenciada pela IoT é o marketing.

Uma vez que a internet das coisas é sinônimo de estar sempre conectado, o marketing digital se beneficia desses recursos para aprimorar a sua atuação. Com mais dados coletados de cada consumidor, torna-se mais fácil a adaptação da comunicação entre empresa e cliente, atingindo um maior número de pessoas.

Empresas que atuam na área de saúde, esportes e automotivos já fazem uso da internet das coisas para melhorar os seus serviços à experiência do consumidor. Por exemplo, médicos que conseguem ter acesso à dieta de seu paciente de acordo com os dados de sua geladeira ou a um gráfico de pressão arterial que seu relógio inteligente armazena durante atividades físicas.

Desta forma, a internet das coisas possibilitará aos profissionais de marketing digital acesso à informações mais completas e ricas, permitindo uma interação mais próxima com os consumidores, resultando em conteúdos e ações altamente mais inteligentes e personalizadas. Tudo isso em tempo real. Afinal, com as respostas instantâneas, torna-se mais fácil uma intervenção positiva por parte da empresa para conseguir a plena satisfação do cliente.

Outra vantagem oferecida pela IoT é a constante apresentação do produto, que pode ser realizada a qualquer momento, principalmente quando o cliente busca por algo semelhante. E, isso só é possível através da coleta de dados dos usuários em tempo real, possibilitando uma intervenção mais eficaz.

Como usar a Internet das Coisas para crescer o seu negócio

Com a grande conectividade presente nos mais diversos produtos, torna-se cada vez mais fácil atingir o cliente certo, no momento certo. Afinal, não é incomum realizar uma busca na internet e, em seguida, surgirem diferentes propagandas de produtos semelhantes. Ou ainda, visitar um local e receber indicação de lugares parecidos.

É com esse recurso que é possível expandir o número de clientes de cada empresa. Com uma coleta de dados online cada vez mais abrangente, usar o marketing digital para alcançar novos clientes torna-se mais fácil quando a internet das coisas é utilizada para o benefício do empreendimento.

Informações como preferências de temperatura, música, filmes e pedidos de serviço de quarto, por exemplo, podem resultar em ações de marketing que enviem e-mails personalizados sugerindo restaurantes na cidade compatíveis com os pratos enviados ao quarto. O ponto principal é que a sua estratégia e o seu conteúdo precisarão ser ainda mais sofisticados e personalizados para conseguir a atenção e a fidelização do consumidor que vive na era da internet das coisas.

Com os recursos corretos e a aplicação adequada é possível alcançar cada vez mais pessoas que estão sempre conectadas, facilitando o trabalho da equipe de marketing. Até porque a produção de conteúdo será direcionada para um público que tem alguma afinidade com a sua empresa.

A Internet das Coisas e a segurança do usuário

Se, por um lado a IoT aumenta as possibilidades do marketing digital, por outro, existe a segurança das informações dos usuários. E, nesse sentido, existem tecnologias pensadas para a segurança de quem está sempre conectado. E esse ponto deve ser pensado antes mesmo do desenvolvimento dos produtos.

Com isso, foi promulgado no país a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que está em vigor e prevê a proteção de dados dos usuários por parte da empresa. Assim, deve-se ter um olhar mais atento sobre essa questão por quem coleta e utiliza esses dados de diferentes maneiras.

Gostou do artigo? Compartilhe com outras pessoas em suas redes sociais dando o devido crédito. Ficou com alguma dúvida? Envie para a gente nos comentários. Até a próxima!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.