top10-topicos-abordados-no-mozcon-2014

 

Falaaa Galera do Digitais do Marketing é muito bom estar aqui com vocês :D

Aqui é o Rodrigo Nogueira fundador do site RodrigoSEO

Bom, o MozCon é sem dúvidas (na minha opinião) o maior evento de SEO do mundo. Sempre com os maiores especialistas de Search Marketing do Mundo de longe o evento é algo incrível de se ver. Nesse artigo vou dar um pequeno review do que foi o evento (eu não estive presente porém acompanhei sites, reviews de outros sites, consegui os slides do evento enfim) acredito que posso mostrar com o que eu vi.

Então vamos lá sem mais delongas:

1. SEO não é importante! Pense SEMPRE na experiência do usuário

wil-reynolds-mozcon2014

Polêmico não!? Will começou o maior evento de SEO falando que SEO não é importante “SEO Doesn’t Matter” a experiência do usuário foi o primeiro tópico mais importante abordado no evento de MozCon. Sabe-se que, mais importante que focar em números, é focar na experiência que um visitante terá em um site/blog, pois é a qualidade disto que o trará de volta a visita.

Ficar ligado no Mobile, velocidade do seu site, usabilidade e se preocupar com o usuário acima de tudo é o melhor caminho.

Ferramentas que recomendo:

2. 6-2-3 BrainWrinting – Idéias de artigos para conteúdo

Stacey-Cav-mozcon

A melhor forma de se ter ideias brilhantes de tópicos para serem abordados em um site, é mais simples do que se imagina e foi citada por Stacey MacNaught. Basta fazer um brainstorming rápido na equação de 6-3-5.

Como fazer?

6 pessoas sentam-se a uma mesa, e trabalham em ideias durante 6 rodadas de cinco minutos. A primeira pessoa escreve 3 ideias de tópicos em um papel, estas ideias passam para a próxima pessoa que cria mais 3 inspiradas nas anteriores. Isto gera mais de 100 ideias em 30 minutos!

E você já fez isso Rodrigo?

Não pense que isso é pura literatura, já participei de várias rodadas de BrainWriting não só para produção de conteúdo mas também para criação de campanhas e eventos como o BootCamp Mídias Sociais organizado pelo Quartel Digital a qual sou gerente de Tráfego e Conversão :D. Funciona muito bem mesmo, vale a pena testar.

brainstorm-qd

 

3. Quebrar Promessas: O Veneno da Marca

mozcon-review-digitais-do-marketing

 

Quebrar promessas relacionadas a uma marca, segundo Kerry Bodine, é um verdadeiro veneno. Um serviço de qualidade gera 81% de consumidores dispostos a pagar mais, contra 64% que buscam por um concorrente.

Tente Evitar:

  • Criar promessas que não pode cumprir (muitas marcas frustram os seus clientes com isso);
  • Não dar o suporte necessário ao seus clientes;
  • Furar prazos e datas importantes para execução de tarefas relacionadas aos clientes, seja produtos ou prestação de serviços;

4. “Save The Best For Time”

mozcon-palestras

Essa frase foi um tapa na cara de muitos dos profissionais que estavam lá. De fato também já passei por isso… Pete Meyers disse que trabalhar nas ideias mais brilhantes em primeiro lugar, ao invés de esperar mais tempo para amadurecê-las é importante! O que ele quis dizer com isso:

Se você tem uma ideia que pelo menos parece genial não espere um dia belo para coloca-la em prática!

Muitos de nós empreendedores somos rodeados de idéias diariamente, porém é um fato que não conseguimos coloca-las em prática por problemas com procrastinação e pela famosa falta de tempo. Que é na verdade quase sempre falta de prioridade.

Se você tem uma ideia coloque-a em prática existem centenas de pessoas que precisam do seu conteúdo :)

5. Crie uma comunidade

Mozcon-dicas

Eu vi pela primeira vez esse conceito sendo abordado pelo Seth Godin, que é sem dúvidas um lenda viva do marketing. Construir uma comunidade em um negócio, onde as pessoas sintam necessidade de se influenciar mutuamente é a sacada da vez segundo Richard Millington. Todos os elementos de um negócio precisam estar ligados, inclusive com engajamento social.

Se você tem uma comunidade e principalmente se você promove o senso de comunidade esse elo com os seus clientes e consumidores se torna algo inigualável!

Eu sou colaborador na Webliv empresa do Conrado Adolpho, nos últimos anos o Conrado conseguiu reunir milhares de pessoas em uma comunidade o iJumper. Todos com um mesmo objetivo e o propósito de se ajudar mutuamente.

Isso também vivencio no Quartel Digital onde temos os soldados e o conceito de Tropa, além disso estamos aplicando esse mesmo conceito de comunidade para outros clientes e os resultados são incríveis.

O público realmente veste a camisa, as pessoas querem fazer parte de uma comunidade, de uma causa. Agora pense você como você pode aplicar esse conceito no seu negócio?

6. Experimente como um Cientista

Rand-Fishkin-Moz

Esse é um dos caras que mais admiro no mundo do SEO. Rand Fishkin falou claramente para realizar testes de ações, dentro do ambiente do marketing digital sempre! Onde é preciso realizar grupos de controle, repetir experiências, observar uma variedade de fatores e não classificar tudo superficialmente para uma conclusão. Somente com testes é possível encontrar as melhores ações de SEO para um site que depende dos mecanismos de busca!

Quem trabalha com SEO sabe que isso é praticamente andar na corda bamba. As vezes fazemos testes e mais testes em blogs criados somente com esse intuito… Porém é necessário ter em mente que o Google se comporta diferente para cada SERP ou seja cada resultado de pesquisa.

Ou seja… Você tem que testar mesmo se quiser conseguir resultados diferentes.

7. Transforme números em histórias

storytelling-seo

As informações adquiridas através das mensurações de dados com as ferramentas devem ser transformadas em histórias, segundo Marshall Simmonds. Só assim é possível compreender verdadeiramente o progresso das atividades e entender os pontos a serem melhorados.

Eu achei esse conceito muito interessante. Quando você vai fazer uma apresentação de prospecção para outro cliente. E você conta uma história de uma empresa que tinha resultados XYZ, conta mais as dificuldades dela, conta porque ela procurou você e diz como você ajudou e quais os resultados eles geraram é fantástico!

Meu CheckList (meu mesmo do Rodrigo) de 10 perguntas para transformar números em histórias

  • 1 – Qual o problema que o seu cliente tinha antes de procurar você
  • 2 – Qual era o seu principal KPI (indicador: vendas, leads, cadastros, visitas no site)
  • 3 – Qual era o resultado atual desse cliente e qual o resultado desejado por ele?
  • 4 – Porque esse cliente procurou a sua empresa para ajuda-lo?
  • 5 – Quais os erros você identifico dentro do objetivo que ele queria?
  • 6 – Qual o seu plano de ação, o que você fez?
  • 7 – Quais os resultados objetivos em X meses (ou dias)
  • 8 – Como os números ficaram depois da implementação?
  • 9 – Quais os resultados atuais do seu cliente?
  • 10 – O que o seu cliente tem a dizer sobre o seu trabalho?

8. Estabeleça um período para esquecer o fracasso

fotos-do-mozcon-2014

 

Como não poderia faltar palestras mais humanas também fazem parte do MozCon afinal não só de técnica se vive certo? Nessa palestra o ex-esquiador olimpico e empresário Jeremy Bloom falou sobre como lidar com o fracasso.

Bloom argumentou que após uma falha grande ou pequena de percurso, o que é inevitável (diga-se de passagem), um tempo deve ser dedicado a analisar os resultados. Os fatores que levaram a falha devem ser dissecados, para que se evite repeti-los no futuro.

9. Encontre uma metodologia para geração de ideias

richard-baxter-at-mozcon-2011

Segundo o CEO da Buitvisible, Richard Baxter, presente no evento no MonzCon, a melhor forma de se obter ideais para um negócio é trabalhando em técnicas e não apenas pensando!

Ele deu várias ideias de uso técnico de Html5, criação de apps, JQ e muitas outras tecnologias que podem ser implementadas em uma estratégia de marketing digital.

Quem eu vejo sempre inovando usando tecnologias diferenciadas do mercado (diferenciadas aqui no Brasil) é a Agencia Mestre que já inovou usando infográficos em paralax e também a Conversion que não fica por baixo sempre trazendo conteúdos interativos.

A grande questão é… Que tipo de tecnologia você pode usar para surpreender o seu público e se preparar com estratégias para que o seu retorno do investimento seja positivo.

10. Investir em mão de obra qualificada para produção de conteúdo

mozcon-reviews

Contratar mão de obra qualificada para produzir conteúdo, conforme disse Lexi Mills, é a forma mais inteligente de agir. Pessoas que já tem credibilidade no mercado, são também especialistas no que fazem. Com o tempo, é possível criar uma rede de escritores que irão produzir material de qualidade para seu site ou site/blog.

Hoje vivo um pouco disso. É muito melhor contratar jornalistas e especialistas de nicho para produzir conteúdo para o seu site, do que investir em uma ou duas únicas pessoas para escrever sobre tudo.

Quando você tem uma equipe de 3 pessoas por exemplo focadas naquele assunto o seu conteúdo se torna cada vez melhor.

Os conteúdos generalistas estão entrando em extinção, o público cada vez mais procura por soluções para os seus problemas querendo gastar o mínimo de tempo possível. Se você tem um site ou blog que oferece essas soluções seu público será cada vez maior e mais engajado.

Conclusões…

Como você pode observar o SEO é apenas uma das várias estratégias que compõem um arsenal do marketing digital. É necessário ficar atento a tudo o que esta funcionado e o que não estar.

Outra recomendação que eu deixo para você hoje é que não ignore os detalhes. Coisas simples como traquear urls no analytics, colocar tags de conversão em página são extremamente importantes para a tomada de decisão.

Outra coisa é que todos nos profissionais devemos desenvolver conhecimentos de negócios e não só conhecimento técnico. Isso foi muito forte no Search Masters Brasil 2014 a qual tive a honra de ser palestrante também.

Então por hoje é isso, deixe o seu comentário e até a próxima!

Para o seu sucesso

Palestrante, Evangelizador de Internet Marketing. Trabalha desde 2008 com Marketing Digital é Fundador do portal e conteúdo RodrigoSEO e do site Dono do Negócio.

Rodrigo Nogueira ajuda grandes empresas e empreendedores de sucesso a escalarem o seu faturamento e liquidez através da Internet . Citado pelo organizador do Search Masters Brasil como “O Gênio do Search Marketing” e também citado pelo Portal Administradores como um dos maiores especialistas em atração e prospecção de clientes através da internet do Brasil.

  • Muito bom o artigo Rodrigo, obrigado por compartilha o resumo do evento. em especial o item 10, uma pessoa que escreve sobre tudo, nunca vai sair nada de qualidade.

  • Aew Fábio :) Obrigado pelo comentário. Bateram muito nessa tecla lá no evento, é fundamental. Não escrever conteúdo por escrever e sim se focar no usuário cada vez mais. Abração ;)

  • Ricardo Arrigoni

    Fala Rodrigo, tudo bom ? Estive no evento nesse ano de 2014 e concordo com todo o seu resumo, foi basicamente isso que passaram. Só achei que faltou dizer que focaram MUITO sobre a experiência do usuário e do Mobile First e faltou falar sobre algumas palestras importantes como: A palestra de Mark Traphagen sobre o Google+ e sua importância, dicas sobre o Google Shopping pra galera de e-commerce da Elizabeth Marsten, e sobre otimização de videos para o Youtube (pra galera que produz videos para o youtube do palestrando Phil Nottingham. Mas meus parabéns pelo artigo, é legal ter sempre um material desse pra galera que não pode estar no evento.

  • Andrea Prima

    Aproveitando o assunto do ítem 4, a quem interessar, um teste para identificar seu tipo de procrastinador:

    http://www.playbuzz.com/sidartal10/que-tipo-de-procrastinador-voc

    É baseado no livro de uma psicóloga chamada Linda Sapadin (“It’s About Time!: The Six Styles of Procrastination and How to Overcome Them”, Penguin Books, 1997).