Brasileiros não se sentem seguros ao comprar via web

Comprar via Web

Comprar via WebMesmo com o astronômico aumento nos índices das compras via Internet sendo comemorados pelos e-commerces brasileiros nos últimos anos, muitos internautas, mas muitos mesmo, 84% não se sentem seguros em fazer compras online, com receio de que ao divulgar as suas informações do cartão de crédito, estas sejam furtadas por hackers, é o que aponta uma pesquisa divulgada recentemente pela F-Secure.

Essa realidade indica que os brasileiros não confiam na segurança que os sites de compras afirmam garantir aos seus clientes, visto que constantemente muitos são vulneráveis aos ataques de pessoas má intencionadas, capazes de burlar os seus sistemas de segurança e obter dados de terceiros.

Além dos e-commerces podemos estender este risco também para os sites dos bancos, que sofrem com o mesmo problema da insegurança dos seus clientes no momento em que estes efetuam transações via Internet, mas embora sendo perigoso, com certeza é muito menos do que ir às agências, e infinitamente mais prático e rápido resolver situações no bankline que levariam horas nos bancos físicos.

Acredito que esse fato reflete a desconfiança do povo brasileiro pela segurança de seus bens pessoais que transcende o mundo real e também invade o virtual, onde as operações acumuladas nas vendas online podem chegar a 25 bilhões de dólares até 2017, segundo a F-Securite. Assim sendo, infelizmente também irá aumentar a quantidade de pessoas que tentarão obter vantagens ilícitas, em cima desse cenário tão positivo para o e-commerce brasileiro e os sites precisam aumentar as suas seguranças se quiserem continuar competitivos.

Esta mesma pesquisa indica que os finlandeses, suecos e franceses são os internautas que mais confiam no sistema de segurança dos e-commerces locais, refletindo a cultura desses povos que estão fora de equiparação com o nosso famoso “jeitinho brasileiro”.

Resta aos responsáveis pela segurança dos e-commerces e banklines brasileiros resguardarem-se com todos os artifícios possíveis para proteger os seus bancos de dados com as informações sigilosas dos clientes, com o objetivo de aproveitarem o bom momento econômico que o Brasil passa, com o grande aumento do poder de compra da sua população, garantindo que os consumidores possam fazer compras e transações bancárias realmente seguras, possibilitando aos acionistas maximizarem os seus lucros e quem sabe num futuro não muito distante possamos acreditar com mais credibilidade em nossos e-commerces, assim como os europeus já creem, mesmo passando por uma profunda crise econômica.

1 COMENTÁRIO

  1. Primeiro tinham medo de vírus

    viram que não tinham porque temer.

    Depois veio o medo do produto não chegar

    Viram que o medo não tinha tanto fundamento assim

    Agora têm medo de cartão de crédito

    Com o tempo, mais este temor vai ser superado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.