Memes não são carinhas engraçadas

meme

memeUltimamente o termo mais utilizado em diversos canais de mídia tem sido a palavra meme, simplesmente surgiu está palavra em nosso meio e nos apropriamos desse termo. Não houve qualquer explicação para o que é meme e devido às mídias sociais consideramos como carinhas engraçadas.

Mas há uma seriedade nessa palavra, em uma pesquisa no Wikipédia por meme achei que Richard Dawkins um evolucionista britânico, utilizou o termo em seu livro O Gene Egoísta (1976). No capítulo 11 do livro, Memes: Os Novos Replicadores, Richard define como “memes são melodias, idéias, “slogans”, modas do vestuário, maneiras de fazer potes ou de construir arcos”.

Entendemos que os memes não se limitam no espaço digital é algo hereditário da nossa cultura, da qual passam de pessoa para pessoa no formato de informação. Para exemplificar, o hit Ai Se Eu Te Pego do Michel Teló se replicou e a melodia foi aceita em diversos países, essa música se tornou um meme mundialmente conhecido. Isso quer dizer que a forma de como essa informação se espalhou e foi inserida a nossa cultura, seja online ou offline consideramos como memes.

Jesus, Beatles, Lady Gaga, todas essas figuras da nossa cultura popular são formadores de memes, isso quer dizer que suas mensagens, estilo, melodia se replicam e formam entusiastas. E porque Luiza se tornou celebridade, o slogan “Menos Luiza que está no Canadá” realmente é um meme, mas o que a fez ficar famosa foi à curiosidade de quem é Luiza, até porque quem replicou a informação não foi Luiza porque estava no Canadá, mas entusiastas das mídias sociais que a consagrou. Isso nos deixa claro que meme não são carinhas engraçadas, mas é unidade de informação que é replicada por diversos meios e que evoluiu devido à forma de compartilhar e retuitar das mídias sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.