Os 5 motivos que não deixam você ganhar dinheiro com o seu site

Reprodução Google

Neste artigo selecionei cinco motivos que podem estar atrapalhando o rendimento do seu negócio online. Vamos conhecê-los?

1) Mercado Saturado

É uma atitude arriscada investir em um ramo novo só porque conhece ou ouviu falar da existência de muitas pessoas lucrando com este negócio. Se o cenário é este, provavelmente já existem marcas consolidadas (com bom posicionamento no Google) com um público fidelizado. Para conseguir seu lugar ao sol será necessário investir muito dinheiro em divulgação e buscar algum tipo de diferenciação que o mercado dê valor.

Quantas loja online de roupas, perfumes, bijuterias, produtos de informática, capas para smartphones, cartões de visita, flores, você conhece? Muitas não? E empresas oferecendo serviços relacionados à seguro, pilates, música, inglês, culinária… Mais ainda!

Para saber como está a competitividade de um determinado setor use um velho conhecido: o Google. Faça uma pesquisa (de preferência durante a semana, no horário comercial) sobre o tipo de negócio que você quer abrir. Se encontrar três ou mais páginas repletas de resultados orgânicos e pagos, significa que a concorrência está bem acirrada.

Caso, mesmo assim, você queira investir em um empreendimento na área, busque formas de se diferenciar e se diversificar. E, claro, sem esquecer da divulgação!

2) O site é muito novo

Com frequência recebo emails e ligações de empreendedores impacientes pedindo para que eu analise o que está de errado com o site deles. Quando eu pergunto por que, na avaliação deles, o site está com problemas e, às vezes, escuto: “Por que o site está no ar há um mês e vendendo tão pouco?….”

Olha a cultura do “rápido, fácil e lucrativo” aparecendo aí de novo. Como em qualquer negócio, um site precisa de tempo, de amadurecimento. Principalmente, no caso de marcas novas que não são conhecidas e enfrentam a desconfiança do consumidor. Mesmo com campanhas de divulgação bem estruturadas, que levam tráfego qualificado para o site, é natural uma certa dificuldade no começo.

Faz parte do comportamento do internauta buscar informações adicionais sobre uma empresa que não conhece, principalmente se o produto ou serviço oferecido irá representar uma soma relevante de dinheiro. Portanto, é necessário ter um pouco de paciência. Mesmo que o site tenha seguido à regra toda a cartilha de um negócio online de sucesso, demora um tempo para que ele emplaque. Até porque, mesmo depois que o site começar a ter vendas, será necessário esperar um pouco mais até que ele comece a dar lucro, cerca de um a dois anos.

Reprodução Google
Reprodução Google

3) Empreendedor e os outros envolvidos no negócio nunca ou pouco atuaram no segmento


Acredite. Isso é bem comum, principalmente no caso de pessoas que possuem um emprego fixo e querem ganhar uma renda extra com um “bico digital”. Ouvem falar de um amigo, veem um anúncio ou leem uma matéria dizendo que abrir uma loja virtual de X ou Y é uma maneira fácil de ganhar dinheiro.

Então, essas mesmas pessoas assistem a vídeos sobre como criar uma loja usando o Magento (plataforma de comércio eletrônico), colocam os produtos à disposição e ficam esperando (sentados, porque em pé cansa) o dinheiro entrar. Só que eles nunca pesquisaram nada sobre o mercado. Nadinha de nada. Desconhecem os hábitos de compra do consumidor, sazonalidade, tíquete médio, etc. E daí quebram a cara.

O que eu recomendo é que, pelo menos, um dos sócios tenha conhecimento do setor. Se nenhum tiver, mãos à obra. Façam cursos, pesquisem, falem com pessoas da área. E quando se sentirem familiarizados, dominando o assunto, aí é chegada a hora de analisar se realmente vale a pena investir no negócio.

4) Produto ou serviço sem diferenciação

Outra ocorrência comum. Para se sobressair à concorrência, é necessário se destacar por algo que o mercado não ofereça em demasia. Caso contrário, o fator decisivo na hora da compra geralmente será o preço. Se todas as lojas oferecem exatamente o mesmo produto e a mesma qualidade de atendimento, vencerá aquela que oferecer o menor preço. Concorda?

Se você não conseguir vencer pela oferta mais barata, pense com carinho na diferenciação. Ser uma empresa especializada em um único serviço ou produto exclusivo é um fator de destaque. A imagem de empresa “especialista” conta muitos pontos para quem está em busca de qualidade e em bom atendimento.

5) Pouco ou nenhum investimento em divulgação

Invista constantemente na divulgação do seu negócio. Quanto? Quanto você puder investir! Pense fora da caixinha do “rápido, barato e lucrativo”. Ter uma empresa digital forte e operante requer investimento regular, principalmente em divulgação.

Tenha sempre reservado um percentual do faturamento para divulgação. A divulgação pode ser feita por diversos canais (on e offline), tais como email, demonstração do produtos em pontos de venda, vídeos, mídias sociais, estandes em feiras… O importante é impactar o público-alvo certo no momento adequado.

Economizar em divulgação costuma resultar na tal “economia burra”. A equação é simples: quanto menos investimento em divulgação, menor a quantidade de vendas, gerando menos faturamento. Dinheiro aplicado em divulgação não é custo, é investimento! Pense como um profissional.

Logicamente, o budget para esse fim precisa estar dentro da planilha de custos da empresa. Investir valores muito além da realidade financeira do negócio pode significar sua ruína.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.