Quase toda semana o Facebook divulga novas atualizações e recursos para os seus usuários. Nas últimas semanas não foi diferente. Neste post você vai encontrar as principais novidades da rede social e ficar por dentro do que pode ser anunciado em breve. Vamos lá?

1. Facebook lança Find Wi-Fi em todo o mundo

Foi disponibilizado para os usuários de todo o mundo o “Find Wi-Fi” (Encontrar Redes Wi-Fi) para iPhone e Android. A ferramenta não é apenas útil para pessoas que estão viajando, mas também em áreas onde a infraestrutura de dados móveis é precária.

O “Find Wi-Fi” ajuda a localizar redes Wi-Fi disponíveis perto de você, que tenham sido compartilhadas por estabelecimentos com o Facebook pelas suas Páginas. Assim, onde quer que esteja, você poderá facilmente encontrar as conexões mais próximas quando sua rede de dados estiver fraca.

Para localizar pontos de Wi-Fi, clique na aba “Mais” no aplicativo e depois em “Encontrar Redes Wi-Fi”. Quando estiver na seção “Encontrar Redes Wi-Fi”, você precisará ativá-lo. Você poderá então navegar por um mapa com os pontos mais próximos de Wi-Fi disponíveis, além de saber mais sobre os estabelecimentos com eles. Saiba mais informações aqui. 

2. Facebook traz atualizações para pré-visualização de links

A partir de agora, páginas que não forem de veículos de mídia não poderão substituir os metadados do link (por exemplo, título, descrição, imagem) na API ou no publicador da página. Isso ajudará a eliminar um canal que vinha sendo utilizado para publicar notícias falsas. As páginas impactadas ainda podem programar e pré-visualizar como os anexos de seus links serão exibidos no Facebook, usando a Marcação do Open Graph e o nosso Depurador de Compartilhamento.

Foi lançada também uma solução para apoiar veículos de mídia que contam com a substituição de metadados de visualização de link para personalizar a forma como seus conteúdos aparecem para suas audiências no Facebook. Apresentamos também uma nova área nas Ferramentas de Publicação de Páginas para que os veículos possam indicar seus links e continuar editando a forma como eles aparecem no Facebook. Saiba mais informações aqui. 

3. Facebook apresenta nova ferramenta de análise para Instant Articles

Desde julho, o Facebook começou a disponibilizar uma ferramenta para veículos de mídia que utilizam o Instant Articles para medir a forma como os seus artigos estão performando no Facebook em comparação aos equivalentes de web móvel. A companhia já tinha compartilhado essa métrica com os veículos de mídia no Instant Articles e, nos últimos meses, foi desenvolvida uma maneira para que os veículos pudessem visualizar essa comparação diretamente. Esses dados são importantes para que os veículos de comunicação possam tomar decisões de negócio sobre como compartilham conteúdo no Facebook. Saiba mais informações aqui. 

4. Lives no Stories do Facebook

As lives do Instagram aparecem no Stories desde o seu lançamento e essa prática pode ser estendida aos Stories do Facebook. Ao que tudo indica, as transmissões ao vivo aparecerão da mesma maneira que no Instagram: destacadas entre as primeiras opções de histórias no aplicativo do Facebook.

Para saber mais, clique aqui. 

5. Stories públicos no Facebook

Antigamente apenas os seus amigos poderiam assistir às suas Stories no Facebook. Hoje, já existe a possibilidade de marcar as suas histórias como públicas para que você possa estender o alcance de uma publicação também aos seus seguidores.

Para saber mais, clique aqui. 

6. Público personalizado baseado em Eventos

Já é possível criar públicos personalizados no Gerenciador de Negócios do Facebook. Através dele, você pode criar um público para pessoas que confirmaram presença ou registraram interesse em participar de seu evento. Também é possível limitar apenas a quem confirmou presença ou limitar o anúncio para aqueles que somente registraram interesse.

Para saber mais, clique aqui. 

7. Publicar ofertas de emprego no Facebook

O Facebook conta com uma ferramenta nativa para que o usuário possa publicar ofertas de emprego na plataforma, sem a necessidade de usar a sua conta pessoal para pedir indicações. Apesar de pouco divulgada, esse tipo de publicação pode ser realizada sem maiores complicações, como se fosse um anúncio para o Facebook.

Para saber mais, clique aqui. 

8. Facebook vai diminuir alcance de sites lentos

A penalização de páginas com carregamento lento já está acontecendo nos sites de busca, como o Google, mas ainda não se aplicava ao algoritmo do feed de notícias do Facebook. Nos próximos meses, a rede social vai priorizar os links de carregamento mais rápidos no feed de notícias dos seus usuários.

No post, o Facebook alerta para uma provável queda no alcance e tráfego de sites que exibam carregamento lento e explica que o algoritmo leva em consideração tanto a conexão do usuário quanto a de seu site, usando como exemplo o próprio feed de notícias.

Para saber mais, clique aqui. 

Gostou das novidades? Compartilhe com os seus amigos!