Planejamento internetUm assunto que tem tomado bastante tempo em minhas pesquisas, aulas e consultorias refere-se ao planejamento de comunicação aplicado às mídias sociais. Inclusive é tema do meu segundo livro (“Mídias sociais…e agora? Tudo o que você precisa saber para implementar um projeto de mídias sociais”) com lançamento oficial marcado para fins de março.

Temos visto uma febre generalizada de pessoas, empresas e instituições falando sobre mídias sociais, gente se autointitulando especialista na área, agências cobrando rios de dinheiro para implementar projetos nesse sentido e por aí vai.

O que eu quero alertar a você, leitor, é que sem um bom diagnóstico situacional da sua marca, do mercado e do seu segmento, não se sai do lugar com nenhuma ação de mídia sociais. Aliás, não se sai do lugar com nenhuma ação de comunicação sem fazer uma análise da situação, do status, mapear quem fala sobre seu mercado, de quais mídias, com quais sentimentos, com que inclinações etc. Por isso, o planejamento de ações de mídias sociais se faz tão essencial.

Começa-se com o dito diagnóstico, em que se mapeia tudo o que é ou foi falado sobre sua marca, seus produtos, seus serviços, em quais mídias, por quais pessoas, que assuntos tiveram destaque, que situações são mais periclitantes, que telhados de vidro temos, o que a concorrência está fazendo ou fez, que movimentações de mercado temos etc.
Depois, é possível realizar um plano de ações para dar conta da situação que foi constatada com o diagnóstico.

Portanto, se alguém quer te vender gestão de perfil pura e simplesmente, corra! Isso, pra mim, chama-se picaretagem!

E antes de sair tomando qualquer providência nas mídias sociais, planeje, separe recursos (humanos, técnicos, financeiros), pense em quais indicadores serão mais atraentes para a sua marca ou seu cliente e por fim, por favor, MENSURE. Mostre como chegou aos resultados. Quantidade muitas vezes não representa tudo! Faça análises qualitativas, cruze dados, faça inferências, previsões e, claro, próximos passos.

Carol Terra é doutora e mestre em Interfaces Sociais da Comunicação, especialista em Gestão Estratégica da Comunicação Organizacional e Relações Públicas, todos pela ECA-USP, e formada em RP pela UNESP/Bauru. Atuou em empresas como FIAT, Vivo, MercadoLivre e Agência Ideal. É atualmente professora na Fecap, USP, FAAP e Belas Artes. Também ministra disciplinas relacionadas às mídias sociais e comunicação organizacional em diversos cursos de pós-graduação pelo Brasil. É autora dos livros Blogs Corporativos (Difusão Editora), Mídias Sociais… e agora? (Difusão Editora e Editora Senac Rio) e editora do blog RPalavreando.