Qual foi o dia que você desistiu?

Qual foi o dia que você desistiu

Oi, tudo bem? Preciso de uma ajuda rápida… você pode me tirar uma dúvida? Me conte, você tem sonhos? De verdade, você tem um sonho… bacana, alegre, divertido? Você tem?

Parece até aquela conversa de quando você era criança, até foi se você forçar a memória. Seus pais, tios ou amigos, todos querendo saber qual o seu sonho ou o que você queria ser quando crescer. Você lembra?  Parecia mais um pedido para me conte algo que vai nos orgulhar do que acreditar no que você falava.

Pois é… mas aí o tempo passa… você cresce… seus pais querem que você não seja um traste… saia logo de casa… arrume um emprego, se torne responsável e pare de “pensar besteiras”. Como assim BESTEIRA? O meu sonho de repente virou uma besteira? SIM. Para seus pais, amigos, a escola, a sociedade em geral, todos querem mais que você trabalhe, produza e pare de torrar a paciência com essas historinhas.

Em outras palavras, deixe de sonhar e não seja um merda!  =O

Lembra da seleção natural?

Calma, não fique nervoso. Nada de ligar excomungando seus pais. Por essa fase, todo mundo passa. Ela se chama seleção natural. Ou se preferir, prova de persistência. Simples assim, ou você segue seu sonho, ou é empurrado como os 99% dos mortais para um cotidiano medíocre, uma rotina apática, uma ordem social.

Isso mesmo, tudo que você passou foi um teste, para saber qual é a sua força de vontade em ACREDITAR nos seus sonhos. Um teste para ver se qualquer um pode derrubá-lo e fazer desistir. Continuar, depende e sempre dependeu somente de você. E quer uma verdade? Existe 99% de chance que você caiu nessa.

Quer outra verdade? Fique tranquilo, pois na vida você sempre terá 50% de chances de acertar e 50% de errar. Você sempre vai ter escolhas, sempre pode recomeçar. Sempre pode tentar quebrar a banca.

E quer saber o que acontece com aqueles 1%? Eles não esqueceram o sonho. Não esqueceram a pergunta mágica: O que eu quero ser quando crescer? E isso, somado ao tempo, conhecimento e aprendizado, chama-se felicidade, ou o que deveria ser o seu lugar ao Sol.

Responda Rápido:

Uma pergunta, apenas uma pergunta: Quem afinal, colocou você nesse caminho? A resposta, foi você mesmo. E quer saber como? Nas suas escolhas pensando em ser aceito. Nas vezes que você desistiu. Até nos amigos que você escolheu… isso mesmo, seus amigos meu chapa. Você escolheu, por afinidade, praticidade ou interesse. Seja o que for, você os escolheu.

Quero saber quem você é? Com quem andas? Quem eles são? Se te incentivam? Ajudam? Ou apenas te puxam para trás? Conte-me… Para exemplificar, eu conheço apenas três tipos de pessoas:

  • As Inteligentes – que conversam sobre idéias
  • As Normais – que conversam sobre fatos do seu tempo.
  • E as medíocres – que conversam sobre as outras pessoas.

E você? Sobre o que você e seus amigos conversam? Quais são os assuntos? Qual o papo de domingo a tarde? Será mesmo que aquele chopp está valendo ou é hora de jogar um pouco de conteúdo nesse corpo?

O universo a seu favor:

Seu sonho pode ser uma casa, uma profissão, uma empresa ou uma viagem. Seja o que for, é seu. Sem julgamento, dúvida ou meda. Esse é o seu sonho. E como você é do tamanho do seu sonho, sonhar pequeno… te faz ser pequeno. Sonhos ousados, fazem você brilhar, se diferenciar da multidão morna, chata, bem mais ou menos.

E nada de reclamar, afinal a vida não exige muito. Em todas decisões, você vai sempre ter 50% de chance de acertar e 50% de errar. Isso e pronto. Se você tiver 51%, vem logo me visitar na Wall Street e vamos ficar milionários.

Para tudo é 50 / 50, a grande diferença, está na insistência. O bom e velho tentativa e erro. Quanto mais tentar, você tem 50% de chances de chegar mais perto do seu sonho.

Para quem já aprendeu essa regra, o universo começa a conspirar em apenas 3 passos:

  • Trabalho (significa planejar aonde você quer chegar)
  • Esforço (ação continuada, cair, levantar e continuar no caminho)
  • Conquista (Ou realizar, a cada passo, um aprendizado e uma vitória)

Simples? Escrevendo até parece. Mas no seu dia-a-dia, na corrida, com todas as contas a pagar, você acaba esquecendo de tudo. Certo? Então além de anotar, o que você pode fazer?

Preparado para quebrar a banca?

Para mudar o seu ciclo, nada é mais importante do que entender o significado da palavra trabalho. Para alguns é rotina, profissão, o que eu faço para viver. Pobre infeliz aquele que acredita nisso.

Outros trabalho é a minha contribuição para o mundo. Ou como acredito, o caminho que você escolhe para chegar ao seu sonho. E acredite, trabalho sem saber aonde queremos ir, se chama perda de tempo. E olhe que até uma ameba sabe por que existe (sobreviver e multiplicar).

Quando você entende o trabalho como um caminho, precisa saber aonde quer chegar (seu sonho pessoal). Para ter claro esse sonho, a dica é criar um mantra, um objetivo ou meta a ser conquistada. E se o assunto é meta, estamos falando de algo específico, com data marcada, esperando você chegar.

Para quem ainda não sabe como transformar seu sonho em meta, imagine:

  • Tempo determinado no futuro (imagine qual o dia, mês e ano?)
  • Que ação você que está realizando (algo que resuma esse seu sonho).
  • Sentimento (qual a sua alegria ao realizar essa conquista)

Simples assim. O importante é definir. Se você diz que vai comprar um cigarro? Quem irá duvidar? E qual a diferença entre dizer que irá comprar um cigarro e que irá realizar um sonho? Bom, a única diferença é a certeza que você tem de que isso irá se realizar.

Última pergunta: Quando foi que você parou de sonhar?

E pode comentar com seus sonhos, desafios e conquistas…

Vamos conversar?

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.