Mulheres na liderança da Comunicação Digital – Entrevista com Danila Dourado

Dicas da Danila

Não é mais novidade. Conquistamos nossos direitos. E estamos chegando ao topo, ocupando grandes cargos sem abandonar o bom gosto, o humor e a delicadeza.

Para colaborar no especial do Digitais do Marketing conversei com uma mulher, quase superpoderosa, da Comunicação Digital. Afinal lidar com clientes, planejamentos, dados, casa, cabelo, roupa, pele… Ufa! Tem que ter superpoderes!

Abaixo você acompanha a entrevista com doutoranda em Comunicação Digital pela Universidad Carlos III de Madrid e Gerente de Mídias Sociais na WebAdvisor (Brasília), Danila Dourado.

Entrevista Comunicação Digital

– Como é gerenciar um setor de comunicação digital em uma das maiores agências de Brasília?

Instigante! Tem que ter muita energia para subir e descer escada, entrar e sair de reunião, passar pela equipe e não esquecer das orientações. E, nesse corre-corre, não dá para perder a capacidade de perceber as pessoas, as mudanças no comportamento dos usuários, as inovações das plataformas e tentar sempre estar um passo a frente dos concorrentes dos nossos clientes. Sentiu o drama? A maratona é intensa para uma gordinha.

– Em sua opinião qual a estrutura ideal para um setor digital de uma agência ou empresa?

É arriscado apontar uma estrutura ideal, as etapas necessárias para um bom resultado talvez seja mais efetivo. Um setor digital tem que passar por algumas etapas: planejamento, gestão do conteúdo/produção, relacionamento com os usuários, monitoramento das menções à marca e aos seus concorrentes/setor e, por último, avaliação de resultados com mudanças necessárias para alcançar os objetivos esperados. Quantos profissionais será preciso para tudo isso? Depende do tamanho do desafio, tanto em alcance da marca, quanto em relação ao nível de profissionalismo que terá que ser aplicado.

– Levando em conta sua experiência de trabalho em agências, por exemplo, você acredita que pode existir diferença entre a liderança feminina e masculina? 

Como lidar com essa pergunta sem parecer machista, feminista ou extremista? Vou responder com base na minha experiência pessoal, por mais que não acredite que ela dite nenhuma regra. Nos locais que já trabalhei sim, as mulheres tendem a querer discutir os problemas diários até encontrar uma solução. Já os homens visualizam o problema e já apresentam uma ideia de forma mais imediata. Em resumo, eles não têm muita paciência para o mimimi do dia a dia que também faz parte da vida dos gestores. Qual dos dois está correto? Nenhum, as empresas precisam dos dois tipos de gestão para balancear a equação.

– As plataformas sempre passam por atualizações. É complicado lidar diariamente com essas mudanças nas plataformas quando já tem um planejamento em andamento?

Não diria complicado, mas sim desafiador. Não dá para fazer um planejamento baseado em ferramentas, é imprescindível que ele seja apoiado em estratégias maiores que, por exemplo, pode ser despertar o relacionamento com os usuários usando uma data comemorativa para alavancar o engajamento, entre outros. Independente da ferramenta a ideia não cairá por terra, é só questão de ajuste. Claro que esse ajuste dá um pouco de trabalho em realinhar o operacional, mas essa é uma das funções do gestor: solucionar imprevistos da melhor forma possível.

– Assim como profissionais de várias áreas, o profissional de comunicação digital precisa estar sempre se atualizando. Você já passou por um mestrado e hoje já está fazendo doutorado. Como você consegue conciliar a vida agitada dentro de uma agência e continuar com os estudos? 

Pois é, esse é um dilema na minha vida. Amo estudar, não é só aquela coisa de ter um título para “subir na vida”. Encaixo as leituras antes do trabalho, durante o almoço, a noite e nos fins de semana. Tento sempre ir aos eventos para me relacionar com o pessoal da área e alimentar os debates (além de rever os amigos). Mas, hoje o ritmo está intenso na agência, estamos trabalhando no reposicionamento da Webadvisor, visando a expansão a novos mercados e estou muito focada nisso.

Para descontrair:

 O Ricardo e Eduardo fizeram um vídeo especial para homenagear as mulheres – Um dia de Mulher. Simularam um dia de TPM para uma mulher que trabalha em agência. É complicado mesmo para você controlar as emoções e gerenciar as tarefas durante esse período? Já ouviu muito Adele e comeu chocolate na agência por causa disso?

Ninguém merece uma TPM, mas com a respiração adequada dá para levar as irritações da vida. Comer chocolate nunca é demais, até que o triglicérides diga o contrário.  

Dicas da Danila

Dicas da Danila:

– Leia

Como governar o mundo do Parag Khanna

– Ouça

Natural Woman da Aretha Franklin. Todos os dias enquanto viver.

– Acesse

Gosto muito do Unplanned, mas pode acessar o Netflix também que uma ficção é bom para desopilar.

Saiba mais sobre a Danila Dourado: http://www.daniladourado.com/

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.