Facebook libera incorporação direta de vídeos para outros sites

Timeline Facebook

Um dos assuntos mais comentados da última semana foi a nova funcionalidade do Facebook: as pessoas agora podem incorporar (embed) os vídeos postados na rede social em sites de terceiros. O recurso já está disponível e permite que os usuários tenham acesso ao código HTML apenas do vídeo e não de toda a postagem, como acontecia até então. Basta clicar na seta no canto superior direito de publicações que contenham vídeos, selecionar a opção “Embed Video” ou “Incorporar Vídeo” e copiar o conteúdo.

incorporacao-de-video-face-menuincorporacao-de-video-face

Essa funcionalidade já estava disponível para posts e fotos, mas não para vídeos e pode ser um grande aliado do Facebook. Com o lançamento desta nova função, a rede social de Mark Zuckerberg pretende conquistar ainda mais o alcance de seus vídeos e ganhar a liderança dos vídeos online, lugar ocupado hoje pelo YouTube.

“O Facebook apresenta hoje uma das melhores plataformas para publicação de vídeos. A possibilidade de segmentação e de publicação de vídeos com diversos objetivos: como efetuar compra, branding, e visualizar outros vídeos, por exemplo, tornando a plataforma extremamente eficiente”, destaca Luis Paulo, sócio-diretor de Marketing da agência M2BR, parceira autorizada do Facebook para cursos no Rio de Janeiro.

 

A rede também está mudando a maneira como os usuários interagem com notícias nos sites dos veículos. Muitos sites de notícias agora exigem um login do Facebook para comentar em uma notícia com objetivo de diminuir a quantidade de “trolls”, ou seja, a postagem realizada por algum perfil falso.

Além disso, em breve os aplicativos irão facilitar a vida dos usuários na hora de compartilhar publicações no Facebook, Messenger e Groups com um novo Share Sheet, mas ainda não foi informado quando esse recurso será lançado.

Vídeos panorâmicos

De acordo com o portal G1, uma outra novidade que vem por ai é que o Facebook dará em breve suporte a vídeos panorâmicos. Porém, como a extensão das imagens excedem os limites do tocador de mídia, os usuários terão de utilizar o cursor do mouse ou os dedos para direcionar qual o ângulo deseja ver. Desta maneira, os chamados “vídeos esféricos” ampliarão a abertura da imagem para 360 graus. Este é outro recurso que foi implantado recentemente pelo YouTube.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.